5 pontos importantes ao escolher sistema de gestão para recapadora!

tipos de pneus
Tipos de pneus: confira com quais sua recapadora deve trabalhar!
28 de julho de 2020
sustentabilidade na empresa
Sustentabilidade na empresa: como garantir isso em sua recapadora?
11 de agosto de 2020
Exibir tudo
sistema de gestão para recapadora

O sistema de gestão para recapadora é uma ferramenta indispensável, mas, certamente, você já sabe disso. Entretanto, não é um simples software que solucionará todos os pontos do seu negócio. Você precisa contar com uma solução completa, capaz de demonstrar tudo o que a sua empresa precisa para realizar suas operações do dia a dia.

Porém, com tantas opções no mercado fica muito difícil saber qual a ferramenta que apresentará a melhor e mais completa solução, totalmente adequada ao seu tipo de negócio.

Pensando nisso, resolvemos escrever este artigo. Nele, mostramos 5 pontos que você precisa avaliar antes de escolher um sistema de gestão para a sua recapadora. Acompanhe!

1. Avalie as funcionalidades oferecidas

O primeiro ponto a ser verificado é se a solução atende a todas as suas necessidades. Ter que contratar diversos sistemas para executar cada atividade dentro do seu estabelecimento, além de mais custoso, também é muito complexo e pode prejudicar e atrasar seus processos.

Imagine, por exemplo, você ser obrigado a ter um sistema para o controle de contas a pagar e a receber, outro para emitir notas fiscais, mais um para controlar estoque e assim por diante — você estaria em meio a um caos administrativo longe de ser eficiente.

O sistema ideal para a sua recapadora de pneus é aquele capaz de gerenciar todo o seu negócio, tais como:

Se você puder contar com um sistema que abrange todas essas necessidades e outras que não listamos, sua equipe atuará com mais consistência e eficiência, eliminando uma série de trabalhos manuais e tornando toda a gestão da sua empresa mais eficaz.

Isso permite que você tenha mais tempo para cuidar de outros pontos que dependem da sua atenção, como o relacionamento com clientes, negociação com fornecedores e demais tópicos.

2. Confira o nível de segurança do seu sistema

O sistema de gestão para recapadora carrega uma série de informações sigilosas sobre a sua empresa. Como você pode perceber, nele constarão dados de suas notas fiscais, negociação com fornecedores, entre outros que não podem ser abertos publicamente.

Sendo assim, é muito importante que o sistema que você contratar forneça um excelente nível de segurança para proteger os seus dados, tanto de vazamentos quanto dos ataques de hackers.

Acredite, isso não é um problema restrito apenas às grandes instituições ou órgãos do governo. A cada dia, milhões de computadores sofrem ataques — inclusive, é provável que suas máquinas estejam sob tentativas de invasões neste momento.

O objetivo dessas pessoas é sequestrar os dados de um servidor e liberar apenas mediante o pagamento de uma quantia significativa. Geralmente, essa transação é feita em criptomoedas para evitar o rastreio por parte dos órgãos de investigação, o que praticamente impossibilita a punição desses criminosos.

Imagine o tamanho do problema que você teria ao perceber que todos os seus dados, cadastro de fornecedores, produtos, notas fiscais emitidas e informações sobre pagamentos simplesmente fossem furtados do negócio. O custo que isso trará para a operação não é só financeiro, abalando até mesmo a confiança dos seus parceiros e clientes sobre sua marca.

É importante frisar que isso é muito mais comum do que você imagina. Caso sua empresa não tenha uma solução segura, que impeça o sequestro de dados ou a disseminação de informações sigilosas sob seu domínio, haverão consequências graves, até mesmo em âmbito judicial.

3. Verifique o grau de integração com demais sistemas

Outro ponto importante é avaliar se o sistema que você pretende adquirir tem facilidade de integração com outros softwares. Por mais que você tenha uma solução completa em suas mãos, algumas informações precisarão ser encaminhadas para outros sistemas, como é o caso da transmissão de declarações e demonstrativos para os órgãos do governo, que têm programas próprios para isso.

Outro exemplo é a “comunicação” entre dados do sistema de contabilidade do seu prestador de serviços contábeis. O seu software precisa ter uma boa facilidade de parametrização para que seja possível transferir suas informações para outra ferramenta com facilidade e segurança.

4. Conheça o suporte oferecido

Por mais que um sistema para gestão de recapadora seja extremamente simples e intuitivo, em alguns momentos, é necessário contar com o apoio de uma boa equipe de suporte. Geralmente, ela é disponibilizada pelo próprio fornecedor do software.

Sendo assim, é interessante avaliar o suporte oferecido desde o momento da contratação. Nesse caso, você evita contratar uma empresa que não se preocupa com esse tipo de questão, podendo ter problemas no futuro para manusear o sistema ou em casos de pane que gerem a sua paralisação.

5. Verifique se ele tem suporte mobile

Nos dias atuais, é praticamente impossível estar diante do computador durante todo o expediente de trabalho, especialmente, se você é dono ou gestor de uma recapadora de pneus. Diariamente, é necessário se dirigir a diversos locais dentro do próprio estabelecimento, quando não é preciso sair da empresa para resolver alguma questão ou pendência.

Com o avanço tecnológico, mesmo os empresários mais ocupados podem acompanhar de perto o seu negócio e isso só é possível com sistemas que ofereçam a possibilidade de acesso mobile, ou seja, por um smartphone ou tablet.

Ao contar com um sistema que tenha esse tipo de funcionalidade, além de gerir o seu negócio em qualquer lugar do mundo que tenha acesso à internet, você também elimina uma série de formulários manuais de coleta e consegue automatizar a entrada dos seus pedidos. Isso possibilita uma gestão completa e eficiente do seu negócio, o que agiliza o dia a dia de toda a sua equipe comercial, tendo em vista que essa funcionalidade pode ser compartilhada com outros setores.

Analisando detalhadamente cada um desses 5 pontos você certamente escolherá um bom sistema de gestão para recapadora, tendo em suas mãos todo o suporte necessário para fazer uma boa administração de seus recursos, controle de faturamento e, principalmente, geração de informações para a tomada de decisões.

Se você quer saber um pouco mais sobre esse tipo de ferramenta, entre em contato conosco e conheça a nossa solução completa e específica para negócios do segmento de recapadora de pneus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *